Antena Livre
Deseja receber notificações?

Mação: CRIA e Chef Francisca Dias lançaram as bolachas "Maçanicas" no arranque da Feira Mostra (c/áudio)

4/07/2024 às 10:55

“É uma bolacha que sabe a Mação.” Foi desta forma que a chef Francisca Dias apresentou as bolachas “Maçanicas”, uma bolacha que “criei com base nas minhas receitas com um ‘glass’ que lembra as ‘fofas’ ou ‘cavacas’ de Mação, depois juntei o mel de urze, tomilho e alecrim. A ideia era sentirmos este cheiro de verde horizonte.”

 

Chef Francisca Dias

Francisca Dias, vencedora de um programa de televisão ligado à cozinha foi desafiada a criar uma bolacha, cujo maior desafio não foi o produto, mas sim a produção. É que quem vai produzir esta bolacha são os utentes, com ajuda dos profissionais, do CRIA de Mação. E a produção é toda feita na instituição, como explicou a Chef na apresentação das “Maçanicas”, na abertura da Feira Mostra de Mação. A ideia era ser arrojada e diferente, para que quem levar a bolacha sinta Mação.

 

Chef Francisca Dias

Vítor Moura, presidente da direção do CRIA explicou que houve a ideia de criar uma bolacha produzida pela instituição. E da ideia saíram as linhas mestras, uma bolacha “com sabor de CRIA e a Mação.” E depois foi fazer o contacto com a chef Francisca Dias, natural do Pereiro, a quem foi lançado o desafio de criar a bolacha “Maçanica.” A parte mais importante, disse o dirigente, é que a confeção é exclusiva dos “meninos do CRIA”. E depois explicou ainda que o município dá apoio com o registo e patentear a bolacha.

 

Vítor Moura 

A Amarmação, também se associou a este projeto, tanto mais que é mais um produto da terra e a promover o concelho e os seus produtos, nomeadamente o mel de Urze. António Louro referiu que “é um gosto poder ser útil neste projeto, é uma coisa que nos dá muito prazer.”

 

 António Louro

O presidente da Câmara de Mação, Vasco Estrela, não adiantou muito sobre a bolacha, mas confessou já estar em vantagem, pois já as tinha provado. “Atesto que têm muita qualidade e sabem a Mação”, revelou o autarca que indicou que o Município colaborou com design, com o registo da patente e com a aquisição de alguns equipamentos necessários à produção.

 

Vasco Estrela 

Antes de falar da bolacha, o presidente da direção do CRIA fez questão de agradecer ao presidente da Câmara de Mação todo o empenhamento que este teve, juntamente com o Município, na criação deste polo da instituição.

Houve muito dinheiro investido, mais de um milhão de euros. Foi dinheiro, afirmou, que o autarca achou que era importante para esta obra social.

 

Vítor Moura

Vasco estrela, lembrou o momento da assinatura do acordo com o presidente do CRIA, à altura Nelson Carvalho. Faz 7 anos, e o acordo foi assinado com o desconforto de um incêndio que estava a começar no norte do concelho.

“Foi dos momentos que mais gozo me deu”, afirmou Vasco Estrela. “Era o trabalho social, mas também a recuperação de um edifício importante no centro da vila.”

E não esqueceu o trabalho do José Carlos Veríssimo “a quem se deve muito deste projeto”, recordando ainda as discussões com a Segurança Social sobre a localização do CRIA em Mação.

Vasco Estrela fez questão de lembrar a ligação que o Município sempre teve com o CRIA tem dezenas de anos. “Levávamos utentes para Abrantes de braço de abertos.”

Vasco Estrela

As bolachas “Maçanicas” podem ser encontradas no stand do CRIA na Feira Mostra de Mação.

Galeria de Imagens

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - julho 2024
Jornal de Abrantes - julho 2024
PUB