Antena Livre
Deseja receber notificações?
Município Abrantes
PUB

VN Barquinha: Exposição fotográfica de Rui Caria, «A Guerra», conduz-nos aos campos de batalha na Ucrânia

10/10/2023 às 12:20
DR

Vai ser inaugurada este sábado, dia 14 de outubro, pelas 11 horas, a exposição fotográfica de Rui Caria, “A Guerra”.

Integrada na programação cultural em rede VOLver, a exposição vai ficar patente na Galeria do Parque de 14 de outubro a 30 de dezembro.

Sinopse: “Hoje olho para a guerra como no dia em que pisei a Ucrânia. Com medo. Não falo do primeiro medo de quem chega e não sabe o que vai encontrar, para além do que vê̂ nas notícias, à distância da realidade crua da guerra. Esse medo inicial é pedagógico, ajuda-nos a saber estar, e vai ficando por lá à medida que nos adaptamos. Mas há́ uma espécie de medo que vem connosco para casa; o medo do futuro, da paz tardia ou mesmo intangível.

A experiência de viver um pedaço da história de um país em pedaços, como está a Ucrânia, é indescritível. Nem me atreveria a descodificar as emoções que senti quase todos os dias, durante 40 dias; 20 em março e abril e outros 20 em maio. O intervalo de cerca de três semanas, longe da guerra, não chegou para amainar a vontade de voltar. A sensação constante de que tinha abandonado aquelas pessoas e as suas histórias não me dava descanso; sabia que tinha deixado algo por fazer, só não sabia o quê nem porquê.

O regresso, em maio, levou-nos de volta a Kharkiv e pela primeira vez fomos ao Donbass. A região era a definição do caos. Bakhmut era, em maio, uma zona vermelha. Tida hoje como o mais violento campo de batalha desta guerra, a cidade já o era na altura, mas pouco se sabia sobre o que lá se passava. Eram ainda poucos os jornalistas, quando lá estivemos, e estivemos apenas um dia porque fomos obrigados a sair por razões de segurança. Os bombardeamentos eram consecutivos.

A guerra é inexorável, vê̂-se destruição e gente morta no caminho. É o caos criado pelo Homem. Já́ vi muito disso "noutras guerras" e com outras armas, mas foi na imagem de um pequeno gato que, naqueles dias, correu por mim, a arder, em Kharkiv, que senti que a guerra é completamente anacrónica e irracional e por isso indizível. Os animais não fazem mísseis. Somos nós. Somos nós na nossa pretensiosa racionalidade que havemos de erradicar tudo à nossa volta até nos elidirmos a nós. E está a acontecer.”

Rui Caria

 

Galeria do Parque

Edifício dos Paços do Concelho de Vila Nova da Barquinha

GPS: 39.457970, -8.430929

 

Horário:

Terça a sexta-feira - 11:00 às 13:00, 15:00 às 18:00

Sábado - 15:00 às 19:00

Encerra ao domingo e segunda-feira

 

Entrada gratuita

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - fevereiro 2024
Jornal de Abrantes - fevereiro 2024
PUB