Antena Livre
Deseja receber notificações?

VN Barquinha: Manuel Maia irá dar nome ao Pavilhão Desportivo Municipal

11/04/2024 às 11:42

Esta quarta-feira, dia 10 de abril, em reunião do Executivo de Vila Nova da Barquinha, a Câmara aprovou por unanimidade dar o nome de Manuel Maia ao Pavilhão Desportivo Municipal.

“O contributo excecional que Manuel Maia prestou para o desenvolvimento, promoção e sucesso do desporto, através das suas conquistas notáveis na modalidade de Atletismo, pelas vitórias conquistadas em competições e os recordes alcançados a nível nacional e internacional, totalizando 60 títulos de Campeão Nacional. Aos 83 anos, em março de 2024, alcançou mais uma conquista, tendo batido recorde nacional dos 60 metros”. As conquistas alcançadas por Manuel Maia foram referenciadas na proposta apresentada pelo vereador socialista Manuel Mourato, onde se pode ainda ler que “o seu trabalho, profissionalismo e dedicação a esta modalidade desportiva muito tem dignificado o desporto a nível local, nacional e internacional, e que poderá servir de fonte de inspiração para outros atletas”.

A cerimónia vai ter lugar a 16 de junho, durante a tradicional corrida que integra o programa da Feira do Tejo, e Fernando Freire, presidente da Câmara da Barquinha, considera Manuel Maia “uma referência ímpar, que convida a praticar atletismo até final da vida para quem, como ele, felizmente, tem saúde para isso”. A atribuição do nome do atleta ao Pavilhão Desportivo Municipal “é uma honra para o Executivo e para ele”.

Quanto à homenagem, “será nas Festas do Concelho, para dar brilhantismo a este evento e numa corrida onde ele certamente participará com muito gosto”.

A atribuição do nome de Manuel Maia ao Pavilhão Desportivo Municipal de Vila Nova da Barquinha, tem como objetivo “homenagear e reconhecer o mérito deste atleta de 83 anos, natural do concelho, pelo seu contributo na divulgação da modalidade de atletismo”.

 

Quem é Manuel Maia?

Manuel Maia é campeão europeu de atletismo.

Manuel Pereira Maia nasceu em Moita do Norte, concelho de Vila Nova da Barquinha, a 28 de junho de 1940.

Tomou o gosto pela prática desportiva nos tempos de aprendiz da CP, empresa na qual viria a desempenhar a sua atividade profissional como desenhador, desde 1957. Começou a correr com os colegas no campo do Grupo Desportivo Ferroviários do Entroncamento.

Em 1960, o amigo e sócio do Sporting Clube de Portugal levou-o a Lisboa, para treinar. Prestou provas na pista de tartan do antigo Estádio de Alvalade. Sob observação do professor Moniz Pereira, ficou a escassos 5 segundos do recorde nacional da altura. Ingressou então no clube leonino, mas algumas semanas depois viria a abandonar os treinos, sem deixar de lado a paixão pelas corridas.

Em 1961, o serviço militar em Angola viria a interromper a prática desportiva, que retomou em 64. Depois da reforma, dedicou-se ainda mais ao Atletismo. Em 2007, com o incentivo do amigo Carlos Gil, inscreveu-se no Grupo Desportivo Ferroviários do Entroncamento. Alguns meses mais tarde, com o fim da secção de atletismo deste clube, mudou-se para o CLAC, também no Entroncamento, onde passou a ser atleta federado.

Tem participado em várias provas nacionais e internacionais. Entre os últimos títulos contam-se: Campeão da Maratona de Sevilha em 2018, na categoria VET 75; Campeão europeu no Algarve na modalidade estafeta VET 75; 1.° Lugar 100m, 200m e salto em comprimento VET 80, no Torneio internacional de Coimbra; Recorde Nacional dos 60 metros em pista coberta, Pombal 2022; 1.° Lugar 10km VET 80, Corrida do Tejo 2022.

Manuel Maia totaliza um feito notável de 60 títulos de Campeão Nacional. Os prémio conquistados estão expostos no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha.

Foto: Pérsio Basso/ CMVNB

 

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X