Antena Livre
Deseja receber notificações?
Município Abrantes
PUB

Constância: Miniatura de Abringel é a «Peça do mês» no Museu dos Rios e das Artes Marítimas

2/08/2023 às 15:48

Neste mês de agosto, o qual em tempo idos era de muito trabalho para os madeireiros, o Museu dos Rios e das Artes Marítimas, em Constância, escolheu um Abringel, como «Peça do mês» para estar em destaque numa das suas salas, uma miniatura, em madeira, de uma embarcação típica do rio Zêzere.

O original desta embarcação (Abringel) era construído em madeira crua, de pinho, e impermeabilizada com pez louro (resina), tinha o fundo chato, a proa e a popa cortadas a direito e era movida a remos (dois) ou à vara.

O Abringel, com 6 a 7 metros de comprimento e cerca de 1,2 metros de largura, destinava-se a sulcar águas pouco profundas. Era um barco construído pelos madeireiros nos pinhais, que ladeavam o rio Zêzere. Tinha como função transportar os madeireiros, geralmente um ou dois, e os seus pertences (comida, roupa, mantas, utensílios de cozinha e objetos pessoais), para seguir a madeira, que vinha por flutuação, rio abaixo, até Constância, para abastecer as serrações da Praia do Ribatejo, Abrantes e Valada (Cartaxo).

Este trabalho, de acompanhamento dos troncos de madeira, que durava de duas a três semanas, era realizado no verão, quando o rio Zêzere tinha pouco caudal, o que obrigava os madeireiros a entrar frequentemente na água para soltar os troncos que ficavam presos no areal ou noutros obstáculos. Por isso, os madeireiros andavam sempre de ceroulas e dizem que, quando chegavam à vila, envergando estes trajes, não vestindo sequer umas calças, indignava alguns habitantes, especialmente as senhoras, que consideravam uma falta de respeito.

Chegados a Constância e, já sem utilidade para os madeireiros, estes barcos eram vendidos aos moradores da vila e também da Praia do Ribatejo, que os pintavam a seu gosto e o utilizavam principalmente na pesca, mas também no transporte de lenha e tojo.

Recorde-se que a «Peça do mês» está exposta numa das salas do museu, onde pode ser apreciada e a sua divulgação é efetuada através das páginas de Facebook do Museu dos Rios e das Artes Marítimas e do Município de Constância.

 

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - fevereiro 2024
Jornal de Abrantes - fevereiro 2024
PUB