Antena Livre
Deseja receber notificações?
CIMT
PUB

Mação: Secretário de Estado visita Feira Mostra e leva recados para a Saúde, Infraestruturas e Segurança Social (c/áudio)

6/07/2024 às 14:19

A Feira Mostra de Mação estava inaugurada desde quarta-feira, dia 2, mas mesmo assim a tradição manteve-se com a visita de um membro do governo na sexta-feira ao final da tarde, assim como a distinção das empresas PME Líder de 2023.

Sob um sol escaldante, o secretário de Estado da Administração Local e Ordenamento do Território, o bragantino Hernâni Dias, e demais convidados acompanharam a arruada da Filarmónica União Maçaense na ligação entre o edifício dos Paços do Concelho e o largo da feira.

Ao longo do percurso, sempre com boa disposição, o anfitrião Vasco Estrela, foi apresentando o seu concelho ao, até há pouco tempo, seu colega autarca e agora membro do governo. A tradição de percorrer todos os stands da mostra de artesanato e atividades económicas manteve-se com um ligeiro desvio, uma passagem pelo Museu de Arte Pré-Histórica e do Sagrado no Vale do Tejo que até se pensou que poderia ser inaugurado nesta altura. Mesmo fechado ao público à espera dessa inauguração depois de uma profunda intervenção de requalificação, o mesmo acolheu o governante e restante comitiva.

Quase no final da visita e antes da sessão oficial, Hernâni Dias e convidados, puderam experimentar um pouco de Mação, no que diz respeito aos sabores. Uma prova de produtos do concelho, com destaque para o presunto, e pelos acepipes preparados, como sempre, pelo curso de cozinha do Agrupamento de Escolas Verde Horizonte.

Entrando na parte mais formal do dia, Vasco Estrela começou por falar da Feira Mostra, com a presença de Mação. E começou com alguns números, como a existência de 80 stands, mais de 100 entidades e mais de 25 associações do concelho.

O presidente da Câmara deixou nota para dois ou três projetos estruturantes e em curso no concelho. Começou pelas AIGP (Áreas Integradas de Gestão da Paisagem), passando pela valorização urbana e pela habitação a custos acessíveis.

Depois direcionou o discurso para o secretário de Estado ao referir “não lhe poderei ensinar nada sobre o interior de Portugal. Nas áreas que tutela há muito a fazer.

Revisitar a descentralização de competências. Avaliar bem o que está a ser bem feito ou não.”

Depois os recados do autarca para o Governo. Primeiro a descentralização de competências. Com um exemplo claro: “Não é normal um presidente de Câmara enviar emails para determinadas instituições e não ter respostas. Ou não ter um interlocutor na área da saúde” tendo os Municípios competências nesta matéria. 

 

Vasco Estrela

Outro recado foi na saúde. “Mação tem uma grande fragilidade em cuidados primários de saúde. Temos duas médicas. Uma vai-se reformar. Felizmente temos acordo com uma nova médica. Não quero continuar a ver pessoas às 5 da manhã, aqui ao lado, à porta do centro de saúde à espera de consulta de recurso.”

 

Vasco Estrela

Mas não se ficou por aqui e mandou outro “bilhete” para as infraestruturas. A Câmara Municipal já gastou dinheiro no projeto da requalificação da estrada nacional entre Envendos e a A23 e não há garantia de entidades públicas de que haja obra. E o autarca vincou a necessidade numa altura em que circulam naquela via dezenas de camiões que transportam a água de Envendos.

 

Vasco Estrela

 

Vasco Estrela concluiu com uma das áreas que diz mais importa na coesão territorial e que se reflete muito neste concelho. Trata-se da área social. E em Mação com a Misericórdia, com o Centro de Recuperação e Integração de Abrantes e com as outras IPSS’s. “Estão a ser deficientemente financiadas para cumprir a sua função. A situação atual está a asfixiar estas instituições, do ponto de vista emocional e financeiro.”

 

Vasco Estrela

E depois dos recados dados, passou a bola ao convidado, o secretário de Estado da Administração Local e Ordenamento do Território. Hernâni Dias disse conhecer bem os problemas do interior do país, pois até há bem pouco tempo foi presidente de câmara de um concelho (Bragança) em que o lema sempre foi “tenho de lutar o dobro por metade do que outros conseguem.” E falando em Coesão Territorial destacou a necessidade de se ter mais atenção pelo interior do país sem ser discriminatório.

Sobre os recados, levou nota deles e indicou que “vamos tentar perceber as debilidades da descentralização para as poder corrigir. Sabemos que há áreas mais problemáticas que outras. Educação e saúde são preocupações.”

Hernâni Dias anotou os recados para fazer chegar aos colegas de governo nas áreas respetivas, como Saúde, Infraestruturas e Solidariedade.

 

Hernâni Dias

Hernâni Dias referiu ainda a importância de certames como a Feira Mostra de Mação para mostrar a vitalidade dos territórios. E antes de terminar deixou uma nota para os presidentes das juntas de freguesia. O Governo está a fazer tudo para que as juntas possam concorrer a Fundos Comunitários, o que até agora é impossível.

Hernâni Dias

No final da sessão o Município de Mação distinguiu as três empresas do concelho que conquistaram o selo PME Líder relativamente ao ano 2023. Foram elas a Construmação, a Distrimação e a Foresmad - Gestão Florestal.

.

 

A Feira Mostra de Mação começou na quarta-feira, dia 3, termina este domingo, dia 7, com concerto dos DAMA e o encerramento com espetáculo piromusical.

Galeria de Imagens

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - julho 2024
Jornal de Abrantes - julho 2024
PUB