Relatório de Situação: Covid-19: Médio Tejo com mais 123 infetados e 1 391 vigilâncias ativas

18/12/2021 às 21:03

 Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo (USPMT) registou nas últimas 24 horas mais 123 novos infetados com SARS-CoV-2. O total de infetados, desde o início da pandemia subiu agora para os 19 850.

Os 123 casos detetados e reportados pelos laboratórios neste sábado, dia 18 de dezembro, foram registados em Abrantes (13), Alcanena (4), Constância (3), Entroncamento (13), Ferreira do Zêzere (7), Ourém (30), Sardoal (4), Tomar (30) e Torres Novas (17) e Vila Nova da Barquinha (2). Mação foi o único concelho que não registou novos infetados nas últimas 24 horas.

Há a lamentar nesta semana mais dois óbitos, registados pela USPMT no relatório desta sexta-feira, dia 17, em Ferreira do Zêzere e Ourém, o que coloca o total de óbitos no Médio Tejo em 422.

Com mais 123 infetados, mas com a atualização de recuperados, os casos ativos neste sábado passaram a ser 1 556 e estão localizados em Abrantes (168), Alcanena (45), Constância (31), Entroncamento (142), Ferreira do Zêzere (86), Mação (21), Ourém (386), Sardoal (18), Tomar (378), Torres Novas (258) e Vila Nova da Barquinha (23).

O número de pessoas que estão em confinamento por terem contactado com infetados registou nas últimas 24 horas uma descida. Há neste dia menos 69 pessoas a quem foi decretada a quarentena, e que devem ficar em isolamento em casa. Desde que começou a pandemia que a USPMT já decretou um total de 14 064 confinamentos e deu alta do isolamento a 12 648 pessoas.

As 1 391 pessoas em vigilância ativa estão confinadas em Abrantes (284), Alcanena (104), Constância (7), Entroncamento (131), Ferreira do Zêzere (65), Mação (29), Ourém (122), Sardoal (19), Tomar (122), Torres Novas (500) e Vila Nova da Barquinha (8).

 

Portugal regista hoje mais 12 mortes associadas à covid-19, 5.062 infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 e uma redução dos internamentos em enfermaria indica a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim epidemiológico diário da DGS contabiliza hoje 905 pessoas internadas, menos 38 do que na sexta-feira, das quais 147 estão em unidades de cuidados intensivos, as mesmas do dia anterior.

Segundo os dados da autoridade de saúde, registaram-se uma morte na faixa etária entre os 50 e os 59 anos, duas entre os 60 e os 69 anos, cinco entre os 70 e os 79 anos e quatro com mais de 80 anos.

Das 12 mortes, três ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, três no Centro, duas no Norte, três no Algarve e uma nos Açores.

 

Partilhar nas redes sociais:
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - novembro 2022
Jornal de Abrantes - novembro 2022
PUB