Antena Livre
Deseja receber notificações?

Barquinha: GWP compra mais dois lotes de terreno para expansão. Fábrica deve abrir ainda este ano (c/áudio)

11/07/2024 às 12:04

A Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha aprovou, por unanimidade, não exercer o direito de preferência numa venda de dois lotes de terreno no Parque de Negócios do concelho. Com esta decisão a autarquia facilitou o negócio entre a empresa que tinha os dois lotes, ainda por utilizar, e a GWP - Ibérica Wood Product, empresa que está a construir uma fábrica na Barquinha.

Fernando Freire explicou, na reunião do executivo municipal, que face à necessidade de crescimento, mesmo ainda com a fábrica em construção, a GWP precisava de ampliar os espaços. E ao lado estavam dois lotes que “não atavam nem desatavam” de uma empresa ligada à Cannabis, pelo que os sócios da GWP chegaram a acordo para aquisição daqueles dois lotes à empresa proprietária por pouco mais de 50 mil euros. Restava instruir o processo pelo que o Município não poderia exercer direito de preferência. E foi isso que aconteceu. Foi aprovado por unanimidade.

Desta forma a GWP - Ibérica Wood Product poderá adquirir os dois lotes de terreno em causa, por valores superiores aos que a empresa de Cannabis adquiriu ao Município porquanto foram feitos alguns trabalhos identificados e consideradas mais-valias nos espaços.

Fernando Freire salientou que o papel do Município é, estritamente dentro da legalidade, ser um desbloqueador de processos. E esta aquisição representa isso mesmo, porque se fosse necessário um processo de reversão dos lotes para o Município era um caminho extremamente burocrático e moroso, tal como acontece muitas vezes na administração pública.

Fernando Freire destacou o crescimento da GWP que, de acordo com a informação dos empresários, terá a fábrica concluída até final deste ano (na foto), mas face ao crescimento no mercado, precisa de crescer já.

Fernando Freire, presidente CM Vila Nova da Barquinha

A GWP - Ibérica Wood Products é uma sociedade que aposta no comércio, importação e exportação de produtos florestais e seus derivados. As quatro gerações com experiência na indústria madeireira deram à GWP uma sólida compreensão dos mercados. A empresa aponta a um stock permanente de 2.500m3 de madeira, de mais de 60 espécies e com aporte de clientes em 30 países.

A empresa tem instalações em Grobbendonk, na Bélgica, Paranaguá, no Brasil, e agora também em Vila Nova da Barquinha. Para além da madeira, como matéria-prima, a empresa tem produtos já transformados para decking, revestimentos, equipamento urbano, suportes para decks’s. E há a aposta na durabilidade e estabilidade dos produtos, mantendo uma aparência bonita e natural, com a linha Thermo.

 

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - julho 2024
Jornal de Abrantes - julho 2024
PUB