Antena Livre
Deseja receber notificações?

VN Barquinha: Em dia de festa, secretário de Estado vincou a excelência do Agrupamento de Escolas

10/05/2024 às 15:11

O Agrupamento de Escolas de Vila Nova da Barquinha viveu ontem a 2.ª Edição da Escola e Vila em Movimento que integrou o 7.º Encontro Nacional de Educação para os Media. Com o tema (Des)informação e (In)tolerância, o dia foi cheio de atividades na Escola Dona Maria II.

De tarde, o secretário de Estado da Administração e Inovação Educativa, Pedro Dantas da Cunha, visitou a escola e participou nas atividades com os alunos.

Foi depois recebido no Salão Nobre dos Paços do Concelho onde o presidente da Câmara Municipal lhe deu as boas-vindas ao concelho e deixou o convite para um regresso em breve. “Fica já convidado, porque sei que tem alguma curiosidade para a abertura do próximo ano letivo na Escola Ciência Viva de Vila Nova da Barquinha, em setembro”, disse Fernando Freire.

O autarca acrescentou que, desde 2010/2011, “tem sido um privilégio ver que nasceram algumas obras significativas na requalificação do parque escolar, também devido à envolvência do próprio Ministério. Mas não importa apenas ver os parques escolares renovados mas sim a envolvência das pessoas e partilha na comunidade. Uma comunidade que se entende, que sabe dialogar, que olha olhos nos olhos e que, de facto, consegue alavancar projetos como os que tivemos o prazer de ver. A envolvência com os alunos, a sua participação na escola, na vida da escola e, no fundo, na criação de cidadãos de amanhã”.

Pedro Dantas da Cunha não se coibiu de elogiar o trabalho que tem vindo a ser feito no Agrupamento de Escolas de Vila Nova da Barquinha. O secretário de Estado da Administração e Inovação Educativa falou do que encontrou na escola e do entusiasmo de alunos, pais e restante comunidade educativa.

“Tem sido um prazer enorme conhecer por dentro a realidade deste vosso Agrupamento de Escolas” até porque, como confessou, “é um Agrupamento de Escolas que eu já conhecia de fora porque já há muitos anos que este Agrupamento de Escolas se destaca a nível nacional”. Pedro Dantas da Cunha lembrou que “já na qualidade de diretor geral da Educação e de sub-diretor geral da Educação, que também fui, sabia bem da qualidade do trabalho que vocês desenvolvem aqui em Vila Nova da Barquinha. E eu tenho a perfeita consciência que isto que eu estou a dizer não é novidade nenhuma para vós”.

O secretário de Estado adiantou que “vocês sabem muito bem que têm aqui um tesouro e a razão pela qual eu sei que vocês sabem muito bem que têm aqui um tesouro, é pelo enorme orgulho com que hoje me mostraram tudo aquilo que já fazem e tudo aquilo que querem fazer”. Disse Dantas da Cunha que “aqui, nesta escola, encontrei orgulho, encontrei muito entusiasmo - eu vi os alunos muito entusiasmados com aquilo que estão a fazer -, vi os pais muito envolvidos, como nem sempre se vê, na vida do dia a dia da escola, vi os nossos professores, naturalmente, e vi sobretudo, muitos parceiros, muitas organizações, muitas empresas, muitas Instituições de Solidariedade Social, que vivem a escola todos os dias como se fosse a sua escola”.

Para Pedro Dantas da Cunha, “esta é, para mim, a definição do que é uma boa escola. Uma boa escola é aquela que não é do Ministério da Educação, não é da Câmara Municipal, não é dos professores, não é dos alunos... é a escola que é da comunidade toda. E foi exatamente isso que eu vi”.

O governante deu os parabéns pelo trabalho que já foi realizado e disse sair de Vila Nova da Barquinha “confortado” por perceber que “vocês não estão satisfeitos com o ponto de excelência a que já chegaram e têm os olhos postos no futuro”.

As “oportunidades de melhoria” foram sinalizadas ao secretário de Estado pelo diretor do Agrupamento, Paulo Tavares, e pelo presidente da Câmara, Fernando Freire, “e é esta atitude que nós temos de estimular”.

Fernando Freire confessou depois que o secretário de Estado “como gosta e ama a Educação, teve o cuidado de visitar todos os cantinhos da escola” e fez questão de dialogar e de puxar pelos alunos. “Como é um homem das ciências, nomeadamente da área da robótica, teve uns grandes desafios mas conseguiu ultrapassá-los todos”, disse o autarca.

O diretor do Agrupamento de Escolas de Vila Nova da Barquinha, Paulo Tavares, falou de “um dia especial para o Agrupamento, aberto a toda a comunidade educativa (...) e em que envolvemos todas as organizações do concelho e não só. Temos várias empresas, várias associações, as associações de pais, também o que fazemos dentro espaço escola, as AEC’s, os nossos clubes. Portanto, toda a nossa vida que vamos desenvolvendo ao longo do ano. Hoje, fizemos uma Mostra para toda a comunidade”.

Quanto às palavras de Pedro Dantas da Cunha, Paulo Tavares revelou que demonstraram “a qualidade e a excelência que nós procuramos mas que, apesar deste orgulho do bem fazer, não nos acomodamos. Queremos mais, queremos ser melhores e procuramos essencialmente uma educação para o futuro, uma educação moderna, uma educação para que os nossos jovens se tornem cidadãos em pleno”.

O diretor do Agrupamento de Escolas revelou ainda que “os nossos números são muito positivos (...) mas vamos tentar melhorar”. Para já, o grande desafio “é o excesso de alunos que nos procura”. Este facto acontece, explicou Paulo Tavares, porque “somos um Agrupamento diferente, por sermos um Agrupamento inovador há muitos anos”, tendo mesmo sido Agrupamento de referência nacional.

Como diretor, “estou muito feliz, é um dia de grande orgulho” mas, acima de tudo “a maior felicidade está nos sorrisos e nas expressões dos nossos alunos e dos nossos encarregados de educação que hoje nos visitam, e são às centenas, nomeadamente na Escola D.ª Maria II”.

Fotos: Pérsio Basso/ CMVNB

Galeria de Imagens

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - julho 2024
Jornal de Abrantes - julho 2024
PUB