Antena Livre
Deseja receber notificações?

Abrantes: Escola Solano de Abreu é vencedora do concurso Euroescola

3/06/2024 às 12:54

A Escola Secundária Doutor Solano de Abreu, em Abrantes, foi uma das escolas vencedoras nacionais do concurso Euroescola e irá participar numa sessão do Parlamento Europeu em Estrasburgo.

Os objetivos do concurso é familiarizar os jovens com o funcionamento das instituições europeias, consciencializá-los sobre a sua condição de cidadãos europeus e o seu papel na organização futura da Europa, além de oferecer uma tribuna para expressarem suas opiniões.

Em Portugal, o concurso é organizado pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e pelo Gabinete do Parlamento Europeu em Portugal, com a colaboração da Assembleia da República, das Assembleias Legislativas e Direções Regionais da Juventude dos Açores e da Madeira.

Para participar, as escolas inscrevem dois alunos do 10.º ou 11.º anos, que apresentam um trabalho escrito sobre o tema anual. Este ano, o mote foi "Promover a paz, os seus valores e o bem-estar dos povos".

Os alunos que representaram a Escola Doutor Solano de Abreu foram Letícia Daraban e Henrique Apura, ambos do 10º ano. Após vencerem a fase distrital, a escola representou o distrito de Santarém na sessão nacional, que ocorreu nos dias 27 e 28 de maio, na Assembleia da República.

Na sessão nacional participaram 19 escolas, e os vencedores foram Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite, de Aveiro, com 50.8 pontos, Escola Secundária Dr. Solano de Abreu, de Santarém, com 50,6 pontos e o Agrupamento de Escolas de Monserrate, de Viana do Castelo com 49 pontos.

A cerimónia contou com intervenções de Francisco Neves, diretor do Departamento de Programas do IPDJ, Katalin Gonczy, do Gabinete do Parlamento Europeu em Portugal, Catarina Romão Gonçalves, da Assembleia da República, e Cecília Fonseca, do CIDAC. Sílvia Vermelho, do IPDJ, destacou a importância do tema e a cidadania ativa dos jovens.

A Escola Secundária Dr. Solano de Abreu irá participar no próximo ano letivo numa sessão do Parlamento Europeu em Estrasburgo, acompanhada por 22 colegas e 2 professores.

Olga Januário, professora coordenadora do projeto, refere que foi “um orgulho” trabalhar com estes jovens e salienta o agradecimento a todos os envolvidos que apoiaram o projeto.

 

Agrupamento de Escola N.º1 de Abrantes oferece pela primeira vez programa Erasmus para o Ensino Profissional

O Agrupamento de Escola N.º1 de Abrantes oferecerá, pela primeira vez no próximo ano letivo, o programa Erasmus para o Ensino Profissional. Esta é uma oportunidade para os estudantes dos cursos profissionais que desejam expandir seus horizontes, explorar novas culturas e adquirir experiência internacional.

A principal preocupação é garantir que os alunos compreendam as características do mercado de trabalho europeu e possuam as ferramentas necessárias para se mover com confiança, respeitando a multiculturalidade, enquanto desenvolvem competências digitais e linguísticas. Com o apoio do programa Erasmus, os alunos terão a chance de vivenciar diferentes culturas e praticar outros idiomas, obtendo uma certificação de reconhecimento europeu que aumentará a sua empregabilidade.

O corpo docente também se beneficiará de abordagens inovadoras e inclusivas que elevarão o padrão de qualidade educativa do Agrupamento, respeitando plenamente os princípios de sustentabilidade e cidadania europeia. Este é um passo significativo para a internacionalização do ensino profissional e para a formação de cidadãos com uma visão global e aberta ao mundo.

Cristiana Farinha

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - julho 2024
Jornal de Abrantes - julho 2024
PUB