Antena Livre
Deseja receber notificações?

Tagus: Concurso de ideias para o artesanato do Ribatejo Interior alarga a maiores de 22 anos

27/03/2024 às 12:28

Até às 17 horas de dia 30 de abril, a TAGUS vai estar a receber candidaturas com criações de obras artísticas que utilizam as técnicas e as matérias-primas do artesanato de Abrantes, Constância e Sardoal. A grande novidade desta segunda edição “Do Artesanato Tradicional à Inovação”, é a abertura a participantes com mais de 22 anos.

Com prémios que somam mais de 2.000 euros, o concurso de ideias da TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior, em parceria com os municípios de Abrantes, Constância e Sardoal, surge no âmbito do projeto AO.RI – Artes e Ofícios do Ribatejo Interior, e tem por objetivo a preservação do “saber fazer” destes três concelhos do centro do país, através do aparecimento de propostas de peças diferenciadoras e adaptadas aos mercados atuais.

“Do Artesanato Tradicional à Inovação” lança o desafio a jovens, mas também a criativos maiores de 22 anos com uma categoria própria, que podem participar a título individual ou coletivo, até quatro elementos, desde que concorram dentro do mesmo escalão etário.

Os artistas interessados, residentes em Portugal, podem apresentar projetos em duas e/ou em três dimensões, acompanhados de memórias descritivas que sejam inspirados nas peças de artesanato tradicional. De Abrantes, o tijolo burro artesanal, os registos do Pego, as seiras e os capachos. De Constância, bonecas de perna de cana e mobiliário em madeira e atabua. De Sardoal, leques de palha e malas de folha de Flandres.

As obras artísticas devem utilizar pelo menos uma técnica e uma matéria-prima destas artes e ofícios do Ribatejo Interior. E têm de ser entregues na TAGUS até às 17 horas de dia 30 de abril de 2024.

Haverá prémios para os três primeiros lugares de cada escalão etário (dos 15 aos 22 anos; com idade igual ou superior a 23 anos) e para cada categoria (2D e 3D). As 12 melhores propostas irão estar à votação pública, através da reação nas páginas das redes sociais Facebook e Instagram do AO.RI Artes e Ofícios do Ribatejo Interior, entre os dias 3 e 19 de junho. Os prémios, que somam um valor total de 2.050 euros, traduzem-se em acesso a diversos equipamentos culturais ou de fruição turística.

Com este concurso, a TAGUS e os municípios envolvidos pretendem estimular a inovação, através da transformação criativa do artesanato, numa ótica de diferenciação adaptada às vivências atuais, além de preservar o “saber fazer”, as técnicas e os materiais tradicionais utilizados no Ribatejo Interior.

Consulte o regulamento completo disponibilizado no sítio na internet (www.tagus-ri.pt) e esclareça as suas dúvidas pelo email tagus@tagus-ri.pt.

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X