Antena Livre
Deseja receber notificações?
CIMT
PUB

Sertã: Município comemora Feriado Municipal a 24 de junho

19/06/2024 às 11:15

No próximo dia 24 de junho, o Município da Sertã vai assinalar o Feriado Municipal com diversas iniciativas. Às 9h30m, decorrerá a cerimónia de Hastear da Bandeira Nacional no Edifício dos Paços do Concelho da Sertã, com a participação da Sociedade Filarmónica Aurora Pedroguense.

Segue-se, às 10h15, o Hastear da Bandeira Nacional e deposição de Coroa de Flores junto à estatura de D. Nuno Álvares Pereira, em Cernache do Bonjardim, com a presença dos Bombeiros Voluntários de Cernache do Bonjardim, da Sociedade Filarmónica Aurora Pedroguense e demais entidades convidadas. O programa prossegue às 11 horas com a Eucaristia em honra a São Nuno de Santa Maria, na Igreja Matriz de Cernache do Bonjardim. Às 12h30, na Sertã, decorrerá a inauguração das pinturas murais junto à rotunda da Câmara Municipal da Sertã e junto à Praça da República.

Na parte da tarde, a partir das 19 horas, o Pavilhão Desportivo Municipal da Sertã acolhe o encerramento do XXV Torneio de Futsal Luís Gouveia, com a realização do jogo de apuramento do 3.º e 4.º lugares e o jogo final de apuramento do 2.º lugar e da equipa vencedora às 20 horas, seguindo-se a entrega de prémios.

Assinalado a 24 de junho, o Feriado Municipal do Concelho da Sertã evoca a data do nascimento de Nuno Álvares Pereira, em Cernache do Bonjardim (concelho da Sertã) em 1360. Intrépido cavaleiro, foi autor de várias façanhas militares, tendo uma ação decisiva na marcante Batalha de Aljubarrota, onde se jogava a independência de Portugal. Figura central no reino, foi Condestável e um dos homens mais poderosos do país. Abdicou de todos os títulos e das vastas propriedades que detinha e entrou para o Convento do Carmo, em Lisboa, onde iniciou uma vida dedicada à caridade. Morreu no dia de todos os santos de 1431 e quase cinco séculos depois, mais precisamente em 1918, foi beatificado pelo papa Bento XV. Em 2009, o papa Bento XVI canonizou-o como São Nuno de Santa Maria, lembrando uma “figura exemplar nomeadamente pela presença duma vida de fé e oração em contextos aparentemente pouco favoráveis à mesma, sendo a prova de que em qualquer situação, mesmo de carácter militar e bélico, é possível atuar e realizar os valores e princípios da vida cristã”.

 

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - julho 2024
Jornal de Abrantes - julho 2024
PUB