Antena Livre
Deseja receber notificações?
Município Abrantes
PUB

CIMT: Rastreios Visuais e Auditivos continuam a percorrer o Médio Tejo

7/02/2023 às 15:19

O projeto “Promoção do Sucesso Escolar no Médio Tejo – Correção de Problemas Visuais e Auditivos” é uma das medidas do PEDIME que decorre desde o ano letivo 2016/2017, sendo referenciado pelos melhores motivos junto da comunidade educativa e de saúde do Médio Tejo. Desde então, foram rastreadas aproximadamente 5000 crianças do último ano da educação pré-escolar, entre elas, cerca de 15% evidenciaram défice auditivo e 10% défice visual.

No passado dia 6 de fevereiro, os rastreios decorreram no Centro Escolar das Misericórdias, no concelho de Ourém. Num ato simbólico, acompanharam a iniciativa a vereadora da autarquia de Ourém, Micaela Durão, o diretor do Agrupamento de Escolas Conde de Ourém, Diogo Alves, o secretário intermunicipal do Médio Tejo, Jorge Simões, uma representante da Associação de Pais e a diretora do ACES do Médio Tejo, Diana Leiria.

Recorde-se que na sequência dos rastreios realizados nas escolas, a cada criança que se suspeita de défice visual, é atribuído um voucher de acesso a consultas de diagnóstico diferencial, que serão realizadas por estabelecimentos aderentes da área de influência do Médio Tejo legalmente habilitados para o efeito. Perante a confirmação de um défice visual suscetível de interferir com o processo de aprendizagem, será emitido um voucher no valor de 125€ a fim de apoiar a correção que se vier a identificar como necessária. As situações de défice audiológico são encaminhadas para os serviços de saúde.

Micaela Durão, vereadora com o pelouro da educação do município de Ourém referiu que “o projeto PEDIME tem tido um papel determinante nas escolas, pois trata-se de um plano com um conjunto de medidas que tem permitido dar respostas a muitos problemas na comunidade escolar, aos nossos alunos, nas mais diversificadas áreas”, enaltecendo assim o papel da CIM e de todos demais parceiros envolvidos que permitem a operacionalização de todo o processo, no fundo o sucesso educativo no Médio Tejo.

O diretor do Agrupamento Escolas Conde de Ourém corroborou das palavras da vereadora Micaela Durão, salientando que “se conseguirmos detetar precocemente todos estes problemas, conseguimos diminuir diferenças e ajudar estas crianças a que tenham um bom desempenho escolar, que não sendo detetado atempadamente lhes poderá trazer muitas dificuldades no seu percurso”.

Já Diana Leiria, diretora do ACES do Médio Tejo destacou três pontos essenciais deste projeto: “o primeiro deles é que para termos sucesso, devemos ter o apoio necessário na saúde, são necessárias as ferramentas certas no momento certo. Um segundo aspeto muito importante foi o facto de ser um projeto em articulação com várias entidades, umas das provas disso mesmo foi a pandemia, mesmo assim, fomos resilientes e levamos tudo isto a bom porto. Para além de tudo isto, é um projeto que rastreia precocemente, mas que permite resolução e seguimento dos casos identificados”.

Jorge Simões, secretário intermunicipal da CIM do Médio Tejo, referiu ser “um projeto virtuoso, de uma política pública assente em conhecimento científico. Tínhamos provas disso mesmo no início da discussão deste projeto, ou seja, as condições de visão e as condições de audição era preditores e fatores críticos do sucesso escolar. O Médio Tejo aproveitou esse conhecimento para montar uma estratégia com várias ações, todas elas importantes e que se complementam”.

Este projeto é desenvolvido em parceria pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo com os municípios do Médio Tejo e respetivos Agrupamentos de Escolas, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo; a Unidade Local de Saúde de Castelo Branco; o Centro Hospitalar do Médio Tejo; a Direção de Serviços de Educação da Região Centro e a Direção de Serviços de Educação da Região de Lisboa e Vale do Tejo.

O projeto Educação de Excelência do Médio Tejo – PEDIME (Plano de Estratégico de Desenvolvimento Intermunicipal da Educação) é cofinanciado pela União Europeia, Portugal 2020 e Programa Operacional do Centro 2020, através do Fundo Social Europeu.

Mais informação acerca do PEDIME em https://oie.mediotejo.pt

Foto: CIM do Médio Tejo

 

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - julho 2024
Jornal de Abrantes - julho 2024
PUB