Censos2021: Católicos diminuem, mas ainda são mais de 80% dos portugueses

23/11/2022 às 16:03

O número de católicos em Portugal diminuiu 0,8% numa década, cifrando-se em 2021 em 7.043.016, o que corresponde a 80,2% da população maior de 15 anos que respondeu a esta questão no Censos de 2021.

Em 2011, num total de 8.989.849 maiores de 15 anos em Portugal, 7.281.887 (81%) assumiam ser católicos, enquanto em 2021, num total de 8.781.900 pessoas, foram 7.043.016 (80,2%) os que se identificaram com a Igreja Católica.

Ainda no que respeita às igrejas cristãs, o Censos de 2021 apurou que 186.832 se assumem como protestantes/evangélicos (75.571 em 2021) e 60.381 se apresentam como pertencentes à Igreja Ortodoxa (56.550 em 2011), enquanto outras confissões religiosas cristãs apresentam um número total de 90.948.

As Testemunhas de Jeová, que aparecem pela primeira vez isolados, são 63.609.

Entre as religiões não cristãs, os muçulmanos são 36.480, após registarem significativa subida em relação a 2011, quando eram 20.640.

Os hindus são 19.471, os budistas são 16.757 e a religião judaica é seguida por 2.910 pessoas (3.061 em 2011).

Quanto a outras religiões não cristãs, no seu total, o Censos apresenta 24.366, enquanto em 2011 foram 28.596 os que se identificaram com estas confissões.

No Censos de 2021 duplicou o número dos que assumem não ter religião, com 1.237.130, enquanto dez anos antes foram 615.332 os que declararam não professarem qualquer crença religiosa.

Lusa

Partilhar nas redes sociais:
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - dezembro 2022
Jornal de Abrantes - dezembro 2022
PUB