Antena Livre
Deseja receber notificações?
Município Abrantes
PUB

#Saúde mental na juventude: desafios e perspetivas das novas gerações

9/10/2023 às 11:50

Num mundo cada vez mais conectado, a saúde mental dos mais jovens surge como uma preocupação crescente. Estatísticas recentes revelam uma tendência preocupante, com um aumento significativo de problemas de saúde mental e casos de dependência com particular incidência nos indivíduos com menos de 30 anos.

Dados recentes apontam para uma prevalência alarmante de problemas de saúde mental na geração mais jovem. Dados não oficiais apontam que dois em cada cincos indivíduos com menos de 30 anos enfrentam desafios significativos relacionados com a saúde mental. Este aumento sugere a necessidade urgente de uma abordagem mais holística e proativa para enfrentar esta questão crescente.

Abaixo, seguem alguns dos fatores que são alguns dos maiores contribuidores para os problemas de saúde mental na sociedade moderna:

Vício em tecnologia e jogos: o vício em tecnologia e jogos emergiu como uma preocupação séria. O fácil acesso a dispositivos móveis com a acesso à internet e as apostas em slot machines e outros jogos de casino, tem levado a casos de dependência, afetando negativamente a saúde mental dos jovens. Explorar soluções equilibradas para o uso de tecnologia e sensibilizar para os problemas e sintomas do vício no jogo, torna-se fundamental para mitigar os efeitos adversos;

Impacto das redes sociais: a constante pressão online: as redes sociais desempenham um papel significativo no panorama da saúde mental dos jovens. A constante exposição a vidas aparentemente perfeitas e a pressão para corresponder a padrões irreais têm contribuído para níveis crescentes de ansiedade e stress. A necessidade de validação online pode levar a uma busca incessante por aprovação, muitas vezes às custas do bem-estar mental;

Pressão dos pares e expectativas da sociedade: A pressão dos pares e as expectativas imposta pela sociedade exercem um peso significativo sobre a saúde mental dos jovens. A necessidade de cumprir normas e expectativas muitas vezes resulta em sentimentos de inadequação e, em alguns casos, no recurso a comportamentos aditivos como uma forma de lidar com esta pressão ‘invisível’.

Como ultrapassar os problemas de saúde mental?

Apesar do aumento na consciencialização, o acesso a serviços de saúde mental continua a ser um desafio. Barreiras como o estigma associado à procura de ajuda e a falta de recursos adequados têm impedido muitos jovens de procurar a assistência de que necessitam. É crucial implementar medidas que tornem os serviços de saúde mental mais acessíveis e ‘destigmatizar’ a procura de apoio.

A implementação de medidas preventivas e programas educacionais desempenha um papel vital na promoção da saúde mental. Escolas, comunidades e famílias devem unir esforços para criar um ambiente que promova a consciencialização desde tenra idade. Educar sobre os sinais precoces de problemas de saúde mental e proporcionar recursos para enfrentar o stress são passos cruciais nesta jornada.

Fornecer informações sobre opções de tratamento é crucial. Desde terapias tradicionais até abordagens inovadoras, é essencial que os jovens tenham acesso a uma variedade de opções para enfrentar os desafios da saúde mental. Destacar a importância da intervenção precoce e eliminar o estigma associado ao tratamento é fundamental para encorajar os jovens a procurar ajuda.

O poder da influência positiva

As plataformas online e as redes sociais, quando utilizadas em prol da promoção de iniciativas para combater os problemas de saúde mental, podem ser ótimas aliadas – é igualmente importante não criar o estigma oposto e associar as redes sociais e tecnologia os inimigos principais da saúde mental.

Algumas figuras públicas têm utilizado as suas plataformas para advogar pela saúde mental. O impacto positivo destas iniciativas destaca a importância de influenciadores e celebridades na promoção de conversas abertas sobre saúde mental. Contudo, é imperativo que este tipo de influência vá além das redes sociais e se traduza em ações tangíveis para apoiar a juventude.

Sensibilizar e agir é o futuro

Enfrentar os desafios da saúde mental entre os jovens exige um esforço coletivo. Ao abordar fatores como o impacto das redes sociais, pressões sociais e o vício tecnológico, é possível criar um ambiente mais propício para o florescimento mental. Com consciencialização, educação e ações concretas, é possível orientar a juventude em direção a uma vida mais equilibrada e mentalmente saudável.

 

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - março 2024
Jornal de Abrantes - março 2024
PUB